Celebridades – Apaixonados, Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert posam juntinhos para COSMOPOLITAN

fernanda-lima-rodrigo-hilbert-capa-revista-cosmopolitan-junho-2015-looks-da-moda-foto-andre-passos-600x350-2
Casal, pais dos gêmeos João e Francisco, de 7 anos, fala sobre relacionamento, admiração e como mantêm a chama acesa há 15 anos

O amor está no ar e nas páginas da edição de junho 2015 da COSMOPOLITAN que traz um dos casais mais charmosos da televisão, Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert. Ela, apresentadora do reality show musical SuperStar, da rede Globo, ele, responsável pelas deliciosas receitas do Tempero de Família, do GNT, e os dois, apaixonados.

Fernanda Lima fez as perguntas ao amado e vice-versa. Em sintonia total, a apresentadora revelou o que chamou atenção, logo de cara, no marido e que depois percebeu ser completamente diferente: “O que mais me chamou a atenção foi a timidez: você era bem calado. Isso mudou muito. Hoje, você reverteu o jogo de uma forma que me deixou comendo poeira. Virei a envergonhadinha e você chega a qualquer lugar e fica amigo de todos em um minuto.”.

fernanda-lima-rodrigo-hilbert-capa-revista-cosmopolitan-junho-2015-looks-da-moda-foto-andre-passos-600x350-1

Hilbert contou que aprendeu a gostar de ioga com a amada. “Ioga foi algo que você me obrigou a fazer no início, porque sabia que ia me trazer um bem danado e eu odiava. Respirava, passava mal, voltava a fazer e passava mal… Isso foi há uns dez anos. E, de tanto insistir, hoje sou um viciado, dependente.”

Já quando o tema é a parte que cada um mais gosta no outro, ela dispara: “O peitoral. Você é despeitado, não tem peito, bem retinho, assim, nenhum pelinho. Não me atrai homem muito forte. Gosto das suas pernas, que são bem compridas, da não bunda eu também gosto… Da não bunda [risos]. Eu acho bonito. Deixa o caminhar mais sequinho”. Já ele, revela: “Todas, mas o que me marcou muito, um dos motivos pelos quais me apaixonei, foram o nariz e a boca”.

Ao longo da conversa nas páginas da COSMOPOLITAN, eles reforçam a cumplicidade, a parceria e a química: “Vivemos superfelizes em relação ao sexo, pois não esperamos algo novo: a gente se diverte porque gosta do cheiro, da presença, da pele um do outro…”

Fotos: André Passos / COSMPOPLITAN

 

Deixe uma resposta