Looks da moda : funk é nicho alternativo para empreendedores do vestuário

funk roupas da moda funk - moda feminina e masculina

Boletim do Sistema de Inteligência Setorial do Sebrae destaca as oportunidades de negócio que um dos gêneros mais ouvidos no Brasil podem gerar

O comportamento da sociedade está diretamente relacionado à moda. É por isso que roupas, calçados e acessórios regularmente passam por releituras e atualizações, sempre remetendo à tendência de cada momento. Foi assim com a moda disco, inspirada no som dançante dos anos 1970, e com a new wave colorida da década de 1980, entre outros tantos marcos da moda ligados à música. Atualmente, um nicho que ganha mercado no vestuário é o da moda funk, inspirada no ritmo marcante, ousado e cheio de atitude que é sucesso nas mais diversas classes sociais. O boletim de tendências para o setor do Vestuário do Sistema de Inteligência Setorial (SIS) do Sebrae aponta as características deste universo de livre expressão que podem gerar oportunidades de negócio para os pequenos empreendedores.

De acordo com pesquisa do Data Popular, cerca de 11 milhões de brasileiros ouvem funk, ritmo que no Brasil faz sucesso com sua versão “ostentação”, com letras que falam sobre produtos e acessórios que conferem um status as pessoas, por isso, induzem o consumismo. Mas esse fenômeno não é de hoje. Os brasileiros descobriram o funk em sua versão original, ditada pelo groove norte-americano, ainda na década de 1970. Com o passar do tempo, o gênero ganhou características bem brasileiras e manteve o apelo popular, com o surgimento no Rio de Janeiro do “funk melody”, do “funk pancadão” e do “funk proibidão”.

A moda funk também está relacionada a artistas populares que vieram desse universo, como Anitta e Ludmilla, que começaram com o funk e, posteriormente, adotaram um estilo musical mais comercial e voltado para o pop. Com base nessas referências, os modelos que têm bastante aceitação do público feminino são calças no modelo legging, saias curtas e justas e blusas curtas, no estilo cropped. Para os homens, calças no modelo saruel (justa embaixo e solta em cima), camisas com detalhes diferenciados, cores e estampas chamativas. Malhas, couro e tecidos com toque acetinado são forte tendência, especialmente com aplicações como brilho e tachas. As estampas possuem grandes padronagens, misturando tons sóbrios com cores vibrantes. Bonés com aba reta, cintos e acessórios dourados complementam os looks dos adeptos do funk nacional.

Jeferson Santos de Souza, empresário de São Paulo, que já tinha experiência no mercado de moda, investiu R$ 50 mil na abertura de empreendimento, que produz 20 mil peças por mês, de coleção própria tendo o “funk ostentação” como conceito – a ideia deu tão certo que muitos artistas começaram a utilizar as peças da marca, ajudando ainda mais na divulgação do negócio. Atualmente fatura o equivalente a R$ 450 mil mensais e as criações da empresa estão em mais de 150 pontos de venda, chegando inclusive em Nova York, Miami e Los Angeles.

Para os empreendedores do setor do vestuário que querem aproveitar este nicho de mercado, o SIS Sebrae recomenda:

· Acompanhe a evolução do estilo musical e mantenha-se atualizado com relação a outros gêneros que também podem se tornar um forte nicho de mercado
· Invista em uma identidade visual de acordo com o público-alvo e invista em ações de marketing (especialmente em redes sociais) para conquistá-los
· Conheça outros conteúdos sobre o mercado de vestuário, como:
· Geração na moda – Os perfis de consumo e o impacto no setor;
· As pop-up stores ou lojas temporárias;
· Processos criativos para o segmento de vestuário
· Conte com o apoio do Sebrae/SC para traçar estratégias para o seu negócio pelo telefone 0800 570 0800 ou na unidade mais próxima

SITE LOOKS DA MODA:

Looks da Moda Oficial - dicas de moda e beleza - Veículo da Sortimentos.com by Fábio Juchen

. LOOKS DA MODA .